Conhecer para Preservar: o rio, o mar, a flora e o relevo

1. DESTINATÁRIOS

Todos os alunos do 2º, 3º e 4º Anos de escolaridade – 154 alunos:
  • duas turmas do 2º Ano – 45 alunos;
  • duas turmas do 3º Ano – 46 alunos;
  • três turmas do 4º Ano – 63 alunos.

2. DISCIPLINAS

  • Estudo do Meio.

3. (SUB) UNIDADES CURRICULARES ABRANGIDAS

À DESCOBERTA DO AMBIENTE NATURAL:
  • Os seres vivos do seu ambiente.
  • Os aspetos físicos do meio local.

4. CARGA HORÁRIA SOB FLEXIBILIZAÇÃO CURRICULAR (POR DISCIPLINA)

2º ANO
  • Estudo do Meio – 8 tempos de 60 minutos
3º ANO
  • Estudo do Meio – 8 tempos de 60 minutos
4º ANO

Estudo do Meio – 10 tempos de 60 minutos

5. PREVISÃO DA(S) ATIVIDADE(S) POR PERÍODO LETIVO

1.º Período
  • 2º Ano: 4 tempos de 60 minutos
  • 3º Ano: 2 tempos de 60 minutos
  • 4º Ano: 4 tempos de 60 minutos
2.º Período
  • 2º Ano: 2 tempos de 60 minutos
  • 3º Ano: 2 tempos de 60 minutos
  • 4º Ano: 3 tempos de 60 minutos
3.º Período
  • 2º Ano: 2 tempos de 60 minutos
  • 3º Ano: 4 tempos de 60 minutos
  • 4º Ano: 3 tempos de 60 minutos

6. ESTIMATIVA ORÇAMENTAL

1850€

7. DOMÍNIOS DA PRÁTICA EXPERIMENTAL:

  • COMUNICAÇÃO DE CIÊNCIA
  • LABORATÓRIO DE MICROSCOPIA E DE PETROGRAFIA

8. UTILIZAÇÃO PREVISTA DA REDE ESCOLAR DE CIÊNCIA E DE APOIO À INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA

9. AGRUPAMENTO/ESCOLA RESPONSÁVEL

Agrupamento de Escolas de Sta. Maria Maior

10. DESCRIÇÃO SUMÁRIA

Esta candidatura integra-se no projeto curricular de agrupamento “Mar Maior”, cartão de identidade do agrupamento, que, de forma articulada e transversal, convoca saberes e competências na construção e comunicação do conhecimento do mar – intrinsecamente ligado ao nosso território e cultura e que se pretende que seja, também, um território de Ciência. Globalmente, a proposta visa desenvolver a capacidade investigativa – saber ciência e saber fazer ciência – e as dinâmicas do trabalho cooperativo e colaborativo nos nossos alunos, pretendendo-se deste modo desenvolver competências no domínio da literacia científica e no domínio da educação para a cidadania. No 1º Ciclo, a disciplina de Estudo do Meio integra na sua matriz curricular a referência ao meio local, espaço vivido, que deverá ser o objeto privilegiado de uma primeira aprendizagem metódica e sistemática. Assim, será através de situações diversificadas de aprendizagem que incluam o contacto direto com o meio envolvente, da realização de pequenas experiências e investigações que os alunos irão apreendendo e integrando, progressivamente o significado dos conceitos. É ainda no confronto com problemas concretos no seio do meio local que os alunos vão adquirindo a noção de responsabilidade perante o ambiente e o exercício da cidadania. Relativamente à disciplina de Estudo do Meio, no 1º ciclo, estas propostas enquadram-se nas seguintes metas do seu programa curricular: Estimular a curiosidade dos alunos pelo ambiente natural e pelos seus fenómenos.
  • Identificar elementos básicos do meio físico envolvente (rio, mar, flora e relevo).
  • Utilizar alguns processos simples de conhecimento da realidade envolvente (observar, descrever, formular questões e problemas, avançar possíveis respostas, ensaiar, verificar) assumindo uma atitude de permanente pesquisa e experimentação.
  • Utilizar diferentes modalidades/registos para comunicar a informação recolhida.
O projeto é dinamizado a partir de conteúdos de Estudo do Meio, mas trabalhado transversalmente em todas as disciplinas, especialmente Português, Matemática e Expressão Plástica. Em todos os anos de escolaridade, as descobertas realizadas na concretização das diferentes atividades permitirão:
  • a produção de diferentes tipos de escrita;
  • a elaboração de tabelas para registo dos materiais recolhidos;
  • a realização de composições (cartazes) usando a imagem e/ou a palavra.
A sessão de divulgação/apresentação dos resultados vai ainda proporcionar uma situação de comunicação onde as crianças farão uma intervenção oral sobre as descobertas realizadas.