O Homem no seu Tempo e no seu Lugar

1. DESTINATÁRIOS

Curso Profissional de Técnico de Turismo Ambiental e Rural (2016-2019).

2. DISCIPLINAS

11º ANO
  • História;
  • Animação e Marketing Turístico;
  • Economia e Gestão Turística;
  • Área de Integração.

3. (SUB) UNIDADES CURRICULARES ABRANGIDAS

Animação Turística:
  • O animador turístico: perfil e funções;
  • A animação turística no âmbito do turismo de natureza.
Homem-Natureza: uma relação sustentável?:
  • Artes e ofícios;
  • Qualidade de vida e bem estar;
  • Desequilíbrios regionais.
Instrumentos para a criação de projetos e empresas turísticas:
  • Análise SWOT;
  • Execução financeira de projetos.
Planeamento e organização de projetos de animação:
  • Potencialidades da animação na região;
  • Plano de animação turística;
  • Plano de marketing.
Procura e oferta turística:
  • Atrações turísticas;
  • Atividades recreativas e de entretenimento.
Sociologia do lazer:
  • Uso dos tempos livres, atividades de lazer e práticas culturais das gentes do Litoral Norte.
Técnicas de Animação:
  • A expressão corporal - dramatizações, jogos tradicionais e atividades lúdicas;
  • A expressão oral - tradições, canções, expressões populares, ditados, provérbios.

4. CARGA HORÁRIA SOB FLEXIBILIZAÇÃO CURRICULAR (POR DISCIPLINA)

As disciplinas envolvidas contribuirão com 20% da sua carga horária global:

História, Animação e Marketing Turístico:

  • 20 em 100 horas previstas;

Economia e Gestão Turística:

  • 15 em 75 horas previstas;

Área de Integração:

  • 12 em 60 horas previstas.

5. PREVISÃO DA(S) ATIVIDADE(S) POR PERÍODO LETIVO

1.º Período
  • Visita guiada aos geossítios para conhecimento das realidades locais (Unidades curriculares 2,4,5 e 6).
  • Divisão dos alunos por grupos de trabalho e atribuição de um geossítio de acordo com a localização/ proximidade e interesse/ pertinência.
  • Planificação das visitas por grupos e por geossítios: calendarização, metodologia de recolha, recursos, estabelecimento de contactos (Unidades curriculares 2,4,5 e 6).
2.º Período 
  • Visitas por grupos aos locais predefinidos para recolha e registo do Património Imaterial em formato áudio, vídeo, fotográfico (Unidades curriculares 1, 2,4,5, 6 e 7).
  • Tratamento dos dados recolhidos.
3.º Período
  • Conclusão do tratamento de dados;
  • Divulgação do trabalho efetuado junto da comunidade educativa através de:
    •  exposições;
    •  vídeos;
    •  publicações;
    •  dramatizações

(Unidades curriculares 1 e 7)

6. ESTIMATIVA ORÇAMENTAL

2200€

7. DOMÍNIOS DA PRÁTICA EXPERIMENTAL:

  • RECOLHA E REGISTO DE PATRIMÓNIO IMATERIAL

8. UTILIZAÇÃO PREVISTA DA REDE ESCOLAR DE CIÊNCIA E DE APOIO À INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA

9. AGRUPAMENTO/ESCOLA RESPONSÁVEL

Agrupamento de Escolas de Monserrate

10. DESCRIÇÃO SUMÁRIA

Tendo em conta que a dimensão humana é indissociável da natureza e que o conhecimento da realidade e das práticas sócio-ambientais permitirá difundir o ideal da sustentabilidade tão necessário ao presente como às gerações futuras, a nossa proposta tem como objetivo a recolha e o registo da memória coletiva, da identidade dos lugares, isto é, do Património Imaterial dos Geossítios, para que possamos devolvê-lo a todos nós e a todos os que nos visitam.

Os alunos farão a recolha desse património (usos; tradições, lendas, contos, mitos, canções, gastronomia, trajes e artes e ofícios) de acordo com o Kit do DGPCMatriz PCI. Pretende-se que, no segundo ano de implementação do projeto, os alunos apresentem propostas de divulgação turística do Geoparque no âmbito das Provas de Aptidão Profissional, PAP.