Os sedimentos e o passado e o presente das rochas

1. DESTINATÁRIOS

  • Todos os alunos das turmas do 7º Ano, previsivelmente 5 turmas, da escola EB 23 Frei Bartolomeu dos Mártires – 100 a 125 alunos;
  • Todos os alunos das turmas de Ciências e Tecnologias do 11º Ano, inscritos à disciplina de Biologia e Geologia, previsivelmente 5 turmas – 100 a 125 alunos.

2. DISCIPLINAS

  • 7º Ano - Ciências Naturais;
  • 11º Ano - Biologia e Geologia

3. (SUB) UNIDADES CURRICULARES ABRANGIDAS

7º ANO
  • Dinâmica externa da Terra / A Terra conta a sua história;
11º ANO
  • Geologia, Problemas e Materiais do quotidiano;
  • Ocupação antrópica e problemas de ordenamento;
  • Rochas Sedimentares.

4. CARGA HORÁRIA SOB FLEXIBILIZAÇÃO CURRICULAR (POR DISCIPLINA)

7º ANO:

8 tempos de 45 minutos;

9% da carga horária global da disciplina.

11º ANO:

9 tempos de 45 minutos;

5% da carga horária global da disciplina.

5. PREVISÃO DA(S) ATIVIDADE(S) POR PERÍODO LETIVO

1.º Período
  • 7º ano (3 tempos de 45 minutos);
2.º Período
  • 7º ano (3 tempos de 45 minutos);
  • 11º ano (6 tempos de 45 minutos);
3.º Período
  • 7º ano (2 tempos de 45 minutos);
  • 11º ano (3 tempos de 45 minutos);

6. ESTIMATIVA ORÇAMENTAL

2700€

7. DOMÍNIOS DA PRÁTICA EXPERIMENTAL:

  • Comunicação de ciência;
  • Estudos de apoio à interpretação dos paleoambientes;
  • Monitorização e interpretação de processos dinâmicos;
  • Estudos baseados em fotografia aérea.

8. UTILIZAÇÃO PREVISTA DA REDE ESCOLAR DE CIÊNCIA E DE APOIO À INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA

9. AGRUPAMENTO/ESCOLA RESPONSÁVEL

Agrupamento de Escolas de Santa Maria Maior

10. DESCRIÇÃO SUMÁRIA

Esta candidatura integra-se no projeto curricular do agrupamento “Mar Maior”, cartão de identidade do agrupamento, que, de forma articulada e transversal, convoca saberes e competências na construção e comunicação do conhecimento do mar - intrinsecamente ligado ao nosso território e cultura e que se pretende que seja, também, um território de Ciência.

Globalmente, a proposta visa desenvolver a capacidade investigativa- saber ciência e saber fazer ciência - e as dinâmicas do trabalho cooperativo e colaborativo nos nossos alunos, pretendendo-se deste modo desenvolver competências no domínio da literacia científica e no domínio da educação para a cidadania. A Geologia, face ao seu caráter sincrético, permite, através da realização de atividades de campo atingir estes objetivos de uma forma enriquecedora e motivadora para os alunos.

Relativamente à disciplina de Ciências Naturais 7º ano esta propostas enquadra-se nas seguintes metas do seu programa curricular:

  • Explicar as fases de formação da maior parte das rochas sedimentares;
  • Associar algumas características das areias a diferentes tipos de ambientes, com base numa atividade prática laboratorial;
  • Caracterizar ambientes geológicos passados, através de uma atividade prática de campo.

A nível dos conteúdos concetuais do programa do 11º ano destacam-se os seguintes:

  • Ocupação antrópica e problemas de ordenamento - Zonas costeiras;
  • Principais etapas de formação das rochas sedimentares. Rochas sedimentares. As rochas sedimentares, arquivos históricos da Terra.

No 7º ano, a interdisciplinaridade com a disciplina de Geografia é necessária e proveitosa uma vez que nesta área disciplinar se abordam temáticas como a “Dinâmica das Bacias hidrográficas”, a “Evolução da linha de costa”, “Erosão do litoral” e “Tipos de costa”.

No tratamento estatístico dos resultados necessariamente ocorrerá interdisciplinaridade com a disciplina de Matemática para que os alunos possam realizar e entender os resultados obtidos.

 A estatística é conteúdo curricular da disciplina de Ma - temática do 10º ano e no 11º os alunos precisarão somente de relembrar os conceitos já lecionados.