Olhar o Rio, Fixar a Serra: Geossítios do Geoparque

1. DESTINATÁRIOS

3º e 4º Ano - 120 alunos

2. DISCIPLINAS

  • Estudo do Meio

3. (SUB) UNIDADES CURRICULARES ABRANGIDAS

À descoberta do ambiente natural:
  • os seres vivos do seu ambiente;
  • os aspetos físicos do meio local.

4. CARGA HORÁRIA SOB FLEXIBILIZAÇÃO CURRICULAR (POR DISCIPLINA)

3º E 4º ANO

16h (4 manhãs)

11 % da carga horária de Estudo do Meio sob flexibilização curricular.

5. PREVISÃO DA(S) ATIVIDADE(S) POR PERÍODO LETIVO

VISITAS DE ESTUDO:
  • Dunas do Faro de Anha
  • Mamoas de Afife e Cemitério de praias de Montedor
  • Citânia de Sta luzia e Planalto Granítico de Sta. Luzia

6. ESTIMATIVA ORÇAMENTAL

2400€

7. DOMÍNIOS DA PRÁTICA EXPERIMENTAL:

  • COMUNICAÇÃO DE CIÊNCIA;
  • RECOLHA E REGISTO DE PATRIMÓNIO IMATERIAL;
  • INVENTÁRIO E CADASTRO DE PATRIMÓNIO;

8. UTILIZAÇÃO PREVISTA DA REDE ESCOLAR DE CIÊNCIA E DE APOIO À INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA

LABORATÓRIO DE COMUNICAÇÃO DE CIÊNCIA

9. AGRUPAMENTO/ESCOLA RESPONSÁVEL

Agrupamento de Escolas de Arga e Lima

10. DESCRIÇÃO SUMÁRIA

Esta candidatura integra-se no projeto do agrupamento «Olhar o Rio ( Lima), fixar a serra ( Arga)». Este projeto permite albergar atividades muito diversificadas, destinadas a diferentes públicos, mas unidas por objetivos gerais comuns. Os professores  poderão, assim, desenvolver atividades  com públicos-alvo diversificados, como  crianças da educação pré-escolar, alunos dos ensinos básico e secundário, com os encarregados de educação, com adultos das comunidades em que o agrupamento de escolas de Arga e Lima se insere, com as autarquias, com a equipa que coordena o Geoparque Litoral de Viana do Castelo, com quem, como dizia o poeta «vier por bem». Ver, ouvir, ler, sentir e fazer para Conhecer e para SER serão os verbos orientadores da ação.

A cultura, sob todas as formas de arte, de amor e de pensamento, através dos séculos, capacitou o homem a ser menos escravizado. (André Malraux)

O projeto resulta, como aliás acontece com  todos os outros,  da análise feita de dados recolhidos na autoavaliação do agrupamento, no relatório de avaliação externa, no Plano de melhoria. Procura contribuir , à suamedida, para alcançar as metas do Projeto  Educativo, os objetivos do Plano anual de atividades,  as fragilidades diagnosticadas nos Projetos curriculares de Turma e os resultados do Plano de Ação Estratégico  concebido no presente ano letivo para combater o insucesso.

Enquanto projeto de ação procura pôr em prática um conjunto de iniciativas que se constituam como oportunidades para o desenvolvimento de descritores de desempenho no domínio da leitura nas suas diferentes aceções e implicações, mas também nos domínios das diferentes literacias, da escuta ativa, da oralidade e da escrita. O trabalho experimental baseado na  observação, registo, interpretação, pesquisa para procura da informação e sua transformação em conhecimento, a recolha de informação em fontes orais e no encontro com a riqueza cultural permitirão aos alunos consolidar competências que permitam desenvolver a sua autonomia, o espírito critico e, simultaneamente, a tomada de consciência dos problemas e das potencialidades do meio em que o agrupamento se insere.